Low Speed Centrifugation Concept (LSCC)

O LSCC (Conceito de Centrifugação em Baixa Velocidade) é o novo conceito do criador da Fibrina Rica em Plaquetas (PRF).

É o aperfeiçoamento do antigo protocolo de L-PRF.

A Introdução do Conceito de Centrifugação em Baixa Velocidade

Nesse novo protocolo diminuiu-se a velocidade de centrifugação e aumentou-se o tempo.

Isso fez com que as células que encontravam-se concentradas no buffy-coat povoassem todo o coágulo. Assim, criou-se um protocolo superior, mais celularizado, com ainda mais células inflamatórias e agora com presença de células mesenquimais indiferenciadas (células tronco).

Assim surgiu a Terceira Geração dos Concentrados Sanguíneos – ou também conhecido como PRF Avançado (ou também A-PRF, “Advanced PRF”).

L-PRF X A-PRF

Comparativo entre um coágulo de L-PRF (à esquerda), com células concentradas no Buffy-Coat e um coágulo de A-PRF (direita), mais celularizado e com presença de células tronco

A Evolução dos Concentrados Sanguíneos

A Fibrina Rica em Plaquetas (em inglês, PRF) – foi descoberta em 2001 (Choukroun J. Et al. 2001) por estudos teóricos e práticos do Professor Joseph Choukroun.

Este é considerado a Segunda geração dos concentrados sanguíneos, substituindo a Primeira Geração (O PRP, Plasma Rico em Plaquetas).

Em 2006, estudos indicaram a presença de leucócitos nesse PRF e por isso foi renomeado L-PRF (Leukocyte-Platelet Rich Fibrin ou Fibrina Rica em Plaquetas e Leucócitos).

Fibrina Rica em Plaquetas: A Segunda Geração dos Concentrados Plaquetários. Pt 3: Ativação de Leucócitos (Uma nova característica dos concentrados plaquetários?)

Esses antigos protocolos (de L-PRF) utilizavam uma Força G de centrifugação muito alta, de 708g.

Com velocidade de 2700 RPM por um tempo curto 12 minutos

Em 2014, com o LSCC, J. Choukroun e S. Ghanaati diminuem a velocidade de centrifugação para 1300 RPM e aumentam o tempo para 14 minutos.

Criando então os protocolos de PRF AvançadoA-PRF (com 208g de Força G), S-PRF (208g) e i-PRF+ (60g).

Sticky bone com A-PRF x L-PRF

Comparação do protocolo Avançado de PRF (direita) com o L-PRF

A Centrífuga DUO Quattro

Centífuga com interface simples e protocolos cientificamente comprovados.

Possui rotor leve, balanceado e livre de trepidação, permitindo rápida aceleração e desaceleração do rotor. Conferindo maior qualidade e celularidade do PRF.

A trepidação de centrífugas desqualificadas promove coagulação precoce dos concentrados sanguíneos. Assim, a estratificação celular a partir da centrifugação é inibida, diminuindo a quantidade celular e a qualidade do PRF.

A Centrífuga Duo Quattro tem capacidade para 12 tubos, balanceamento intuitivo e possibilidade de rodar dois protocolos ao mesmo tempo (Duo).

Tubos cirúrgicos

Os tubos Process for PRF são os únicos tubos cirúrgicos do mundo. São próprios para a reimplantação. 100% livre de químicos e duplamente estéreis.

Os perigos dos tubos laboratoriais

Estudos científicos comprovam a citotoxicidade das micropartículas de sílica, presentes nos tubos laboratoriais.

Efeitos citotóxicos agudos das micropartículas de sílica no periósteo humano, a partir da utilização de tubos de plástico jateados de sílica.
Evidência de contaminação do A-PRF devido às micropartículas de sílica utilizando-se tubos plásticos revestidos (jateados) com sílica

Protocolo PomPac

A mais nova invenção do Prof. Joseph Choukroun.

Nesse novo protocolo o concentrado sanguíneo é submetido a baixas temperaturas por um determinado período. A consequência disso é o aumento da celularidade e ganho de volume (de 50%) dos coágulos, também aumento do tempo de trabalho.

PRF Box